Untitled Document
DESTAQUES
Página Inicial  
Gestão Ambiental  
Programas e Resultados  
Notícias dos Programas  
Notícias  
Galeria de Imagens  
Videos  
ESGA TV  
Portfólio  
 
Clipping  
Intranet  
   
O EMPREENDIMENTO
 
 
   
CONTATO
Fale Conosco  
   
CADASTRE-SE
Receba as novidades da BR-101 Sul no seu email.

 
 
 
 

Clipagem de notícias em 27 e 28 de novembro 2017

28/11/2017 - Jornais impressos e sites (noticiosos, de rádios, TVs, órgão públicos e demais) de SC e RS

 

Portal JI News (Içara/SC)

27/11/2017 – segunda-feira

BR-101

 

Obras Complementares vão recuperar APP do Rio Capivari

 

Como Medida Compensatória das obras em complemento na duplicação da BR-101 Sul, parte da calha do Rio Capivari será recuperada ambientalmente, com plantio de mudas arbóreas nativas. A margem direita, próxima da ponte que faz a travessia do tráfego de sentido Florianópolis-POA e o Parque Eólico da ENGIE Brasil Energia, vai receber cerca de 560 árvores para recompor o talude, recobrindo 2,5 mil metros quadrados de área. A compensação ocorre em contrapartida ao corte da vegetação (supressão vegetal) para limpeza da frente de obras para construção de nova ponte no km 329,9, ligando vias laterais entre Tubarão e Capivari de Baixo.

Tanto o espaço de obras quanto o de recuperação ambiental estão dentro da Área de Preservação Permanente (APP) do Rio Capivari. No escopo do Plano Básico Ambiental (PBA) para o empreendimento de expansão rodoviária da BR-101 Sul em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, há o Programa de Proteção a Fauna e a Flora. Este programa se divide em duas vertentes, um subprograma direto para proteção dos animais silvestres e outro subprograma para a flora silvestre. Este último enfoca a questão da supressão da vegetação, que está totalmente concluído nos lotes de obras para duplicação nos dois estados, restando as Obras Complementares no segmento catarinense.         

Além disso, dois projetos de plantio compensatório estão aprovados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, sendo um para ser executado nas Áreas de Preservação Permanente – atingidas pelas obras ao longo dos lotes de obras de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, cumprindo os termos da Resolução CONAMA 369 e o outro para plantio de espécies imunes ao corte no estado do Rio Grande do Sul, em atendimento a legislação estadual.

No Rio Capivari, o projeto para plantio das espécies nativas está em tratativas entre a ENGIE, usuária das terras e o DNIT/SC – através do Consórcio Concremat-Tecnosolo (Gestora Ambiental). Os trabalhos de recuperação serão executados pelo consórcio Setep-Sotepa, contratado pelo DNIT para a execução das Obras Complementares. A meta é iniciar nos próximos meses, com uso de espécies nativas, como o Guarapuvu, Ingá, Jacarandá, Canela, Pitanga, entre outras.

 

DNIT/SC inicia construção de via lateral na BR-101 Sul

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) inicia nesta sexta-feira, 24, a remoção da camada de solo com baixa resistência, para construção de via lateral da BR-101 Sul, em Pescaria Brava. A frente de obras está locada no km 322, acesso para o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Preto Velho, com trabalhadores e equipamentos dispostos no bordo direito de pistas – paralelo ao sentido Sul-Norte do tráfego. O avanço construtivo não interfere no fluxo de longo curso das pistas, porém, usuários e moradores lindeiros devem ficar atentos para a entrada e saída dos caminhões basculantes, empregados no transporte do sedimento.

A retirada da camada superficial de solo é necessária para depósito e compactação do aterro, pois apresenta baixa capacidade de resistência. A limpeza do leito segue nos próximos dias, dentro das condições de tempo estável. Findo os trabalhos, o DNIT/SC prossegue com a aplicação do aterro. Neste segmento serão construídos 2,8 mil metros de nova rua lateral, ligando os bairros de Estiva ao Santiago.

As atividades construtivas estão na fase inicial, com supressão (corte) de vegetação em curso. Nos próximos dias, a quantidade de profissionais e equipamentos será acrescida. Serão construídos 4.901,50 metros de novas vias laterais, uma nova ponte para via lateral e a adequação de ponte existente no km 329,9, no Rio Capivari. O lote de Obras Complementares e Remanescentes se estende do km 300, em Laguna, até o km 358, em Sangão e já construiu e liberou cerca de dois mil metros de vias laterais, 1,5 mil metros de calçadas, um viaduto e quatro passarelas. Ainda em construção 2,8 mil metros de passeios públicos em Tubarão, na travessia urbana do bairro São Cristóvão.

 

Portal Olhar do Sul (Orleans/SC)

27/11/2017 – segunda-feira

Geral

 

BR-101 Sul terá melhorias no asfalto do km 413, em Araranguá (SC)

 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) comunica aos usuários da BR-101 Sul que fará trabalhos de melhorias no pavimento asfáltico da rodovia federal, no km 413. Os serviços começam nesta terça-feira (28) e serão mantidos até a próxima sexta-feira, 1º de dezembro, dentro das condições de tempo estável. O segmento está inserido no Contorno de Araranguá, sendo necessária a correção em adensamento de pistas, garantindo a segurança e conforto dos motoristas.

A primeira frente de obras será iniciada na pista de sentido Florianópolis-POA, com estreitamento em uma das faixas de rolagem por vez. Quando finalizados as atividades nesta pista, os trabalhadores e equipamentos serão remanejados para a pista de sentido Sul-Norte, como novo estreitamento no fluxo de longo curso. Todo o trecho em serviço será sinalizado, identificado e isolado dos demais veículos, para segurança dos profissionais e dos motoristas. Caso chova, os trabalhos serão suspensos, pois dependem de piso seco para aplicação da massa asfáltica.

Para os usuários da rodovia federal, o DNIT/SC pede que seja respeitado o local em melhorias, evitando a parada desnecessária com o veículo. Além disso, é preciso reduzir a velocidade e observar a sinalização vertical provisória instalada. Trabalhadores e equipamentos estão em constante circulação pelas frentes de melhorias, se expondo ao fluxo de longo curso ou tráfego local de veículos. Para informações, a autarquia disponibiliza o Serviço de Atendimento ao Usuário, pelo telefone 0800 6030 101 e os links e informações úteis no site 101sul.com.br. Os serviços são gerenciados pelo consórcio Concremat-Tecnosolo (Gestora Ambiental).

 

Portal Contato (Araranguá/SC)

23/11/2017 – quinta-feira

Últimas Notícias

 

Obras complementares vão recuperar área do Rio Capivari

 

Haverá plantio de mudas arbóreas nativas no local.

Região Sul – Como Medida Compensatória das obras em complemento na duplicação da BR-101 Sul, parte da calha do Rio Capivari será recuperada ambientalmente, com plantio de mudas arbóreas nativas.

A margem direita, próxima da ponte que faz a travessia do tráfego de sentido Florianópolis-POA e o Parque Eólico da ENGIE Brasil Energia, vai receber cerca de 560 árvores para recompor o talude, recobrindo 2,5 mil metros quadrados de área.

A compensação ocorre em contrapartida ao corte da vegetação (supressão vegetal) para limpeza da frente de obras para construção de nova ponte no km 329,9, ligando vias laterais entre Tubarão e Capivari de Baixo.

Tanto o espaço de obras quanto o de recuperação ambiental estão dentro da Área de Preservação Permanente (APP) do Rio Capivari. No escopo do Plano Básico Ambiental (PBA) para o empreendimento de expansão rodoviária da BR-101 Sul em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, há o Programa de Proteção a Fauna e a Flora.

Esse programa se divide em duas vertentes, um subprograma direto para proteção dos animais silvestres e outro subprograma para a flora silvestre.

Este último enfoca a questão da supressão da vegetação, que está totalmente concluído nos lotes de obras para duplicação nos dois estados, restando as Obras Complementares no segmento catarinense.

Além disso, dois projetos de plantio compensatório estão aprovados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, sendo um para ser executado nas Áreas de Preservação Permanente – atingidas pelas obras ao longo dos lotes de obras de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, cumprindo os termos da Resolução CONAMA 369 e o outro para plantio de espécies imunes ao corte no estado do Rio Grande do Sul, em atendimento a legislação estadual.

No Rio Capivari, o projeto para plantio das espécies nativas está em tratativas entre a ENGIE, usuária das terras e o DNIT/SC – por meio do Consórcio Concremat-Tecnosolo (Gestora Ambiental).

Os trabalhos de recuperação serão executados pelo consórcio Setep-Sotepa, contratado pelo DNIT para a execução das Obras Complementares. A meta é iniciar nos próximos meses, com uso de espécies nativas, como o Guarapuvu, Ingá, Jacarandá, Canela, Pitanga, entre outras.

 

 

 

 

 

 

Voltar para Todos os Clippings
menu_esquerdo
LAGUNA/SC
TUBARÃO/SC
PALHOÇA/SC
COMPARTILHE

Acesse a ESGA TV

 
 
 
EVENTOS AO VIVO

 

Todos os Direitos Reservados | 101sul.com.br | CONCREMAT - TECNOSOLO - WORLEYPARSONS