Untitled Document
DESTAQUES
Página Inicial  
Gestão Ambiental  
Programas e Resultados  
Notícias dos Programas  
Notícias  
Galeria de Imagens  
Videos  
ESGA TV  
Portfólio  
 
Clipping  
Intranet  
   
O EMPREENDIMENTO
 
 
   
CONTATO
Fale Conosco  
   
CADASTRE-SE
Receba as novidades da BR-101 Sul no seu email.

 
 
 
 
Verão na BR-101 Sul/SC: usuários têm pontos de retorno a cada dois quilômetros
Notícia publicada em: 07/12/2017

Com a duplicação de pistas e aumento nos limites de velocidade, o trânsito pela BR-101 Sul catarinense, entre Palhoça a Passo de Torres, ficou mais rápido e seguro. Além da redução de tempo em movimentação, os usuários da rodovia federal podem contar com pontos para retorno de sentido a cada dois quilômetros, aproximadamente. A construção de 111 viadutos, ao longo de 248,5 quilômetros, possibilita a circulação de pedestres, de veículos entre bairros e retorno de sentido de viagem a cada 2,23 kms, em média. Somados aos viadutos, o DNIT/SC disponibilizou, ainda, cinco retornos em nível, distribuídos em Paulo Lopes, Tubarão, Araranguá e São João do Sul. 


Antes da duplicação de pistas, os motoristas precisavam trafegar até o acesso a bairros ou municípios, onde os retornos em nível existiam. Os viadutos, construídos sobre muitos desses contornos, são a forma mais confortável e segura de mudar a direção de fluxo, afastado da movimentação da rodovia. 


Com a construção de viadutos e a eliminação dos retornos sobre pista, os usuários da BR-101 Sul, sejam eles em trânsito de longo curso ou em tráfego local, devem atentar para a manobra de acessos das vias laterais. Nessas ruas laterais, o limite de velocidade é de 50 km/h, menor que no fluxo das pistas duplicadas. Toda a indicação para os locais de retorno de sentido ou acessos laterais é orientada por painéis, placas de indicação, pórticos e semipórticos instalados no trecho catarinense, pertencentes à sinalização definitiva da BR-101. 


Ao acessar as vias laterais, para completar a manobra de retorno ou acesso às cidades lindeiras, os motoristas devem ter atenção, primeiro, à sinalização vertical indicatória para ter certeza que naquele ponto da rodovia é possível a entrada. Anterior aos viadutos, o DNIT/SC instalou painéis, com a altura das estruturas, para que transportadores de carga meçam o tamanho da carga e façam a manobra de retorno. 


Nos trechos duplicados, o retorno de sentido deve ser feito sob as obras de arte especiais (OAEs), liberadas. Os cuidados devem ser redobrados ao acessar as pistas sob os viadutos, observando o fluxo de veículos nas vias lindeiras, bem como a altura das estruturas. Nas vias lindeiras, a faixa da direita serve para tráfego local, entre bairros. Em algumas vias laterais, como em Tubarão, Içara, Maracajá, Sombrio e Santa Rosa do Sul há tráfego de veículos em duplo sentido, sendo que os usuários devem ficar atentos à sinalização vertical disposta.


Além das OAEs, a mudança de sentido nas faixas de rolagem pode ser realizada em retornos em nível, construídos em trechos duplicados da BR-101 Sul. Há retornos em nível no km 262, em Paulo Lopes, km 344, em Tubarão, no km 406, entre os viadutos de transposição do banhado de Maracajá, e no km 460 e km 461, em Santa Rosa do Sul. Nestes trechos os motoristas devem atentar para o reingresso na rodovia, sempre paralelo à faixa destinada ao fluxo rápido de veículos. 

 

 

Galeria de Fotos

   
15/10/2018 - BR-101 Sul: Conheça o Programa de Proteção ao Patrimônio Artístico e Arqueológico
15/10/2018 - DNIT/SC instala sinalização horizontal em pistas da Ponte Anita Garibaldi
11/10/2018 - Feriado prolongado, cuidados maiores na BR-101
11/10/2018 - Neste feriado prolongado, redobre os cuidados no tráfego noturno pela BR-101 Sul/SC
11/10/2018 - BR-101 Sul/SC: aumento na quantidade de fluxo requer distância entre veículos
Todas Notícias
menu_esquerdo
LAGUNA/SC
TUBARÃO/SC
PALHOÇA/SC
COMPARTILHE

Acesse a ESGA TV

 
 
 
EVENTOS AO VIVO

 

Todos os Direitos Reservados | 101sul.com.br | CONCREMAT - TECNOSOLO - WORLEYPARSONS